Uma perda para a memória: Morre Evaldo Pedrazzani, que mobilizou uma cidade para salvar fotos antigas

 

Evaldo Pedrazzani, que morreu nesta semana, foi um exemplo pela sua dedicação à história paranaense. O grupo “Santa Fé em Fotos Antigas” no Facebook, criado por ele,  chegou a ter 7300 colaboradores, em uma cidade de 12 mil moradores. Um número proporcionalmente único no país em um grupo cultural. E  este trabalho tornou-se um importante meio de preservar a história da cidade, com um grande acervo reunido. A foto acima é da Primeira igreja da cidade de Santa Fé, no Paraná, em 1950.

Era um homem de grande preparo. Na juventude foi para São Paulo estudar e trabalhar em agências de publicidade. Mas acabou voltando para a sua cidade, pela qual trabalhava muito. No momento estava  criando um site sobre a história de sua região, que fica perto de Maringá. Era ainda um dedicado moderador de vários grupos de memória, criados por este portal. 

Por seu trabalho Evaldo Pedrazzani foi convidado a ser diretor de cultura da prefeitura da cidade.  

 

.

.Neste vídeo,  gravado em Curitiba no ano passado, Evaldo Pedrazzani  falava sobre o seu trabalho.

.

..

.

Clique aqui para conhecer o grupo de Santa Fé.

.

E clicando aqui você acha a lista de grupos de memória de cidades do Paraná.

.

.

Exemplos de fotos já preservadas de Santa Fé pelo trabalho de Evaldo Pedrazzani:

.

.

.

O pioneiro Luiz Zaparolli preparando a sua fazenda para começar a cidade no local, em 1948..

.

.

Luiz Zaparolli, que comprou as terras e iniciou a cidade em 1948..

.

.

Cinema de madeira de Santa Fé sem data..

.

.

Antiga Farmácia da cidade sem data..

.

.

Moradores de Santa Fé em 1956.

 

 

.

.

.

.

 

Comments

comments

Shares